Picos(PI), 22 de Novembro de 2017
Economia
Pagamento de boleto vencido poderá ser feito em qualquer banco
Bancos de todo o país começam a implantar nova modalidade para receber pagamento de boleto
Em 13/07/2017 por Jesika Mayara
Tamanho da fonte - +

O sistema de pagamento de boleto, lançado pela Febraban em parceria com a rede bancária, entra em vigor gradualmente (Foto: Reprodução)

Uma facilidade aguardada por quem paga contas esta disponível, desde o dia 10 de julho, para uma parcela muito pequena de pagadores. Pelo menos, por enquanto. Trata-se da possibilidade de pagar boletos vencidos em qualquer agência bancária e em qualquer canal, marcando o fim da segunda via.

O sistema, lançado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com a rede bancária, entra em vigor gradualmente. Na segunda-feira, a regra passa a valer para boletos com valores a partir de R$ 50 mil. Por ano, o Brasil emite R$ 3,5 bilhões em boletos, 0,22% desse valor (R$ 7,7 milhões) corresponde a documentos dessa quantia.

Os demais entram no sistema ao longo do ano (veja o calendário abaixo). O boleto que os clientes têm em mãos hoje segue válido, com a empresa beneficiada tendo de registrá-lo junto ao banco emissor. A Febraban esclarece que as empresas não são obrigadas a aderir ao sistema. Nesses casos, entretanto, o pagamento só poderá ser realizado, mesmo antes do vencimento, na agência do banco que emitiu o boleto.

A entrada dos boletos no novo sistema será gradual, conforme descrição abaixo:

Boletos a partir de R$ 50 mil: 10 de julho
Boletos de R$ 2 mil a R$ 49.999,99: 11 de setembro
Boletos de R$ 500 a R$ 1.999,99: 9 de outubro
Boletos de R$ 200 a R$ 499,99: 13 de novembro
Boletos abaixo de R$ 200: 11 de dezembro

Fonte: Zero Hora

Facebook
Enquete

picos40graus.com.br - 2015 - 2017 - © - Todos os direitos reservados.
Av. Getúlio Vargas, 484 - Apto 202 - 2º Andar
Centro - Picos - Piauí - CEP: 64.600-002
Email: contato@picos40graus.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade do Picos 40 Graus.
Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria
e são de inteira responsabilidade de seus autores.